156: Reconhecer e Corrigir Problemas

Sempre que você colocar duas ou mais pessoas juntas você corre o risco de ter algum tipo de problema.  Mesmo os melhores amigos podem ter discussões e problemas ao longo do tempo.  Estamos todos aqui para ter bons momentos e quando existe uma tendência à frustração, ela afeta todos os envolvidos.

Ignorar um problema, porque parece pequeno é um erro fácil de se cometer.  Ninguém gosta de conflitos, mas como oficiais, nós nos oferecemos para um trabalho sabendo que lidar com essas situações faz parte do cargo.  Se você não lidar com as situações de início, elas muitas vezes vão crescer para se tornarem um problema maior.  O resultado disso pode ser Ações Disciplinares e perda de participação e associados  Para se ter uma organização forte temos que descobrir como tratar uns aos outros com respeito e cortesia.

Como oficiais, associados vêm até nós com suas questões e problemas.  Elas estão muitas vezes com raiva quando fazem isso.  Mantenha a calma e lembre-se que o associado está irritado com a situação e não com você pessoalmente.  Manter o seu temperamento sob controle durante todo o processo de resolução de conflitos é extremamente importante.

Problemas Potenciais

Quando você tem jogadores que estão causando problemas ou não se dão bem uns com os outros, às vezes é difícil saber quando entrar em cena  Os jogadores que constantemente interrompem as cenas, discutem com oficiais, ou tentam “onfar” são bastante fáceis de detectar, mas podem ser difíceis de tratar.  Você pode ser tentado a aplacar um jogador e ver se as coisas melhoram.  Na maioria das vezes isso leva a mais frustração para todos os envolvidos.

Às vezes o problema é simplesmente conflitos de personalidade.  Pessoas com pontos de vista ou personalidades opostas podem não se dar bem.  No início, eles podem tentar evitar um ao outro e não lidar com os problemas, mas podem reclamar para os outros associados. Isto não ajuda a situação e faz com que o nível de estresse aumente.

Como as questões entre dois ou mais jogadores aumentam, um racha pode se formar dentro de um Domínio.  As pessoas tomam lados e alguns vão deixar de vir ao jogo de uma vez Como um oficial, você precisa ser capaz de ver os dois lados da questão.  Se você é incapaz de fazer isso de forma imparcial, então envolva um oficial de nível superior da equipe regional ou nacional para ajudar a resolver a situação.

Existem muitas situações que podem surgir e causar problemas potenciais.  Ouça seus jogadores, não ignore questões menores e espere que elas se resolvam por conta própria; elas não vão.  Se você sentir que a tensão está aumentando entre os associados, não tenha medo de abordá-los e discutir o assunto.  Até que um problema seja trazido à luz, ele não pode ser corrigido.

Lidando com os Problemas

Para grandes explosões e discussões, períodos de “dar um tempo” são uma excelente ferramenta que permite que os envolvidos a darem um passo atrás e ter tempo para colocar as suas emoções sob controle.  Qualquer associado pode solicitar um “dar um tempo” para si mesmo e ir embora.  Oficiais também podem chamar um “dar um tempo” em qualquer situação e para qualquer associado que o oficial achar necessário.  Um período de “dar um tempo” pode durar até 24 horas.

A discussão aberta é outra ferramenta que pode ser usada para resolver problemas potenciais antes que eles aumentem.  A discussão aberta pode ser cara-a-cara, por telefone ou meio eletrônico.   Esta é uma maneira de lidar com uma questão nas fases iniciais antes que se torne um problema.   Ela recebe as questões em aberto e faz com que todos fiquem cientes dos potenciais problemas e perspectivas diferentes.

Se a discussão aberta não funcionar, o próximo passo é a Mediação.  Isso requer uma terceira parte escolhida de comum acordo para se envolver e ajudar com a resolução de conflitos.  A Mediação também é uma forma de abordar a questão e pode ajudar a facilitar ambos os lados sentirem que estão sendo ouvidos.  Ter um mediador para ajudar a direcionar a conversa e dar pontos construtivos à reunião pode resultar em ambos os lados compreendam a perspectiva um do outro.

Mediadores na SOM raramente são conselheiros profissionais e este passo no processo de resolução de conflitos nem sempre ajuda a situação. Se alguém não se sente confortável no papel de mediador, ele deve pedir para que outra pessoa mediar.  O mediador deve ser alguém com nenhum conflito de interesse na situação e que ambas as partes podem concordar.  A parte mais importante da mediação é fazer ambos os lados verem os pontos de vista uns dos outros e tentar encontrar um terreno comum. Encoraje os seus associados a manter uma mente aberta quando se trata de mediação. Você pode querer contatar o Coordenador Regional para obter dicas sobre mediação ou perguntar se um associado da equipe regional, como o ARC Arbitragem, pode atuar como mediador.

Quando a Resolução de Conflitos não Ajuda

Nem toda situação tem um final feliz.  Existem momentos em que não importa o que você faça, os dois associados não vão se dar bem.   Esta é a hora quando os dois associados têm que concordar que eles não vão entender e concordam em tratar um ao outro com respeito e profissionalismo dentro do clube.

Se o problema persistir após esse ponto, é hora de envolver os oficiais Regional para resolver a questão.  Oficiais regionais têm uma riqueza de conhecimento e experiência em lidar com problemas entre os associados, por isso não sinta que você está sozinho em lidar com a situação.

Existem também momentos, durante o processo de resolução de conflitos, que alguém cruza a linha e você tem que mudar de Resolução de Conflitos para Investigação.  Ninguém gosta de emitir de Ações Disciplinares, no entanto elas são projetadas para corrigir um comportamento inadequado que é contra as regras da SOM Seja o mais justo e imparcial quanto possível e se você encontrar-se incapaz de fazer isso, entre em contato com o Coordenador ou Narrador Regional para assumir a investigação.

Quando problemas entre jogadores surgem, é crucial resolve-los cedo e com imparcialidade.  Obtenha conselhos de seu oficial supervisor se você começar a sentir-se oprimido, ou se você sentir que você tem um conflito de interesse na situação. Nunca ignore um problema e espere que ele se resolva.  Lidar com os problemas mais cedo pode ajudar a evitar um problema crescer e poder causar danos ao seu Domínio ou Capítulo.

Não Bater num Cavalo Morto

Nem todos os problemas podem ser resolvidos dentro da organização. Existem momentos em que duas pessoas simplesmente não podem se dar bem.  É por isso que existe um código de conduta que todos os associados são obrigados a aderir.  O código de conduta não é uma vara para bater na cabeça das pessoas, mas sim um guia sobre como devemos tratar uns aos outros, mesmo quando duas pessoas não podem se dar bem.